Apresentação da Região

Localizada no coração de Portugal, a Região do Tejo está imemorialmente ligada à produção de vinhos. É de direito próprio uma das mais antigas regiões produtoras de vinho do nosso país. Historicamente são múltiplas as referências aos vinhos do Tejo. Tal como muitas outras regiões vitivinícolas nacionais e internacionais veem os seus nomes associados aos dos rios que as atravessam. No nosso caso o Tejo é sem dúvida o elemento dominante desta região, contribuindo de forma decisiva quer a nível dos vários «Terroirs» quer a nível climático. A região dos Vinhos do Tejo é composta por um total de 17 mil hectares que produzem anualmente cerca de 650 mil hectolitros o que representa cerca de 10% do total nacional. Destes são certificados cerca de 110 mil hectolitros dos quais 90% são vinhos com Indicação Geográfica Protegida (IGP) e 10% são vinhos com Denominação de Origem Controlada (DOC). Estes e muitos outros dados sobre o Tejo estão disponíveis nas próximas páginas.