"Uma Rosa e um Rosé do Tejo"

ROSÉS DA REGIÃO DO TEJO

DEZ ROSÉS APAIXONANTES PARA O DIA DOS NAMORADOS

 

Todos nos queixamos que o tempo passa a voar, ainda há pouco celebrámos o ano novo e agora já estamos em Fevereiro. E todos sabemos o que se celebra a 14 de Fevereiro, o Dia dos Namorados, o dia em que mimamos aquela pessoa especial na presença da qual o tempo voa ainda mais rápido.

Se planeia fazer um jantar romântico e surpreender a sua cara-metade, a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) sugere-lhe vinhos rosés da região do Tejo para acompanhar a sua ementa. Seja para tomar como aperitivo, para saborear com entradas ou ainda para acompanhar o prato principal, a CVR Tejo fez uma selecção de rosés para um São Valentim inesquecível e partilha agora consigo essa lista de dez vinhos fascinantes, para que possa encantar e deslumbrar.

Assim, a CVR Tejo tem o gosto de lhe apresentar um degradé de tons rosados sublime. Começando pelo Quinta do Casal Monteiro Rosé 2015, o Tyto Alba Rosé 2015 ou o Principium Rosé 2014. O primeiro, de aspecto límpido, evidencia aroma e sabor frescos e frutados, já o segundo, de cor salmão, é envolvente e sedoso, com toques de flores de cerejeira, maçã verde e lima. O terceiro, um rosé de aspeto cristalino, no aroma com diversas e atrativas vagas aromáticas como as frutas vermelhas suaves.

Também, com um rosa mais intenso e brilhante temos o Quinta da Alorna Rosé 2015, Quinta da Lapa Rosé 2015 ,Terra de Lobos Rosé 2015, Plexus Vinho Frisante Rosé e ainda Pitada Verde @batista’s Rosé 2015. Todos estes rosés têm aromas frutados marcados por frutos vermelhos, como o morango, framboesa, groselha e cereja. Quinta da Alorna Rosé 2015 é suave e agradável enquanto Quinta da Lapa Rosé é refrescante e equilibrado;Terra de Lobos Rosé 2015, por sua vez, é intenso e persistente e Plexus Vinho Frisante Rosé apresenta um sabor fresco e delicado. Para terminar, o elegante Pitada Verde @batista’s Rosé 2015 distingue-se pela sua acidez equilibrada.

Já o Casal da Coelheira Rosé 2015 e o Quinta da Lagoalva Rosésão os rosés que se afirmam pelo seu tom rosado mais escuro e acentuado. Enquanto o primeiro se assume pela elegância do blend das castas Syrah e Touriga Nacional, o segundo é um um vinho que apresenta no nariz notas de morango e framboesa e na boca é equilibrado, fácil e fresco.

Os rosés são vinhos ajustados a vários tipos de gastronomias. Por exemplo, a gastronomia italiana é muito apreciada para comemorar esta data, quer falemos de pizzas, pastas ou massas. Se é isso que tem em mente, saiba que os vinhos Casal da Coelheira Rosé 2015, Quinta da Alorna Rosé 2015, Quinta do Casal Monteiro Rosé 2015 e Quinta da Lagoalva Rosé são óptimas escolhas, cada um à sua maneira.

Se está a pensar em algo totalmente diferente, como cozinha oriental ou o tão famoso sushi, escolha Quinta da Alorna Rosé 2015, Tyto Alba Rosé 2015 ou Terra de Lobos Rosé 2015. Para acompanhar gastronomia indiana porque não o Quinta da Lapa Rosé 2015.

Mas se os pratos ligeiros, como saladas, carnes brancas, peixe ou marisco, estão entre as suas preferências, são várias as sugestões como o Casal da Coelheira Rosé 2015, Quinta do Casal Monteiro Rosé 2015, Plexus Vinho Frisante Rosé, Quinta da Lagoalva Rosé, ou aindaPitada Verde @batista’s Rosé 2015.

Apaixone-se por estes rosés extraordinários e deixe que a sua cor rosada envolva o ambiente, proporcionando-lhe um serão recheado de romance.

E no dia 14 de fevereiro a Comissão Vitivinícola do Tejo, numa acção conjunta com a Câmara de Almeirim, vai oferecer uma degustação de rosés nos afamados restaurantes de Almeirim.

Esta uma oportunidade excelente para provar grandes rosés da região. Não falte, porque será um dia recheado de surpresas.